O filme “Me Chame Pelo Seu Nome” foi indicado em quatro categorias do Oscar: Melhor Canção Original; Melhor Roteiro Adaptado; Melhor Ator e Melhor Filme. Os indicados ao Oscar 2018 foram anunciados nesta terça-feira, 23. A lista de concorrentes foi apresentada pela atriz Tiffany Haddish (“Viagem das garotas”) e pelo ator e diretor Andy Serkis (“O Senhor dos Anéis”). “A forma da água” lidera com 13 indicações; “Dunkirk” ficou em segundo, com oito. Destaque para Greta Gerwig, a única mulher na categoria Melhor Diretor, com “Lady Bird” Ela concorre ainda em roteiro original.

“Me Chame Pelo Seu Nome”, Call Me By Your Name (no original)filme do diretor Luca Guadagnino, é baseado no romance homônimo escrito pelo egípcio André Aciman, o filme narra os acontecimentos de uma temporada de férias na vida do adolescente Elio (Timothée Chalamet). Elio é filho de um casal de intelectuais, que costuma receber estrangeiros durante o verão. Quem chega é Oliver (Armie Hammer), um pesquisador americano interessado nos mesmos temas humanistas que Mr. Perlman, o dono da bela villa italiana, que aterrisa causando um alvoroço na vida do jovem Elio.

Nesse verão em tudo é perfeito – o clima, a natureza, a casa, a família, o compartilhar do conhecimento, o extravasar da sensualidade – a naturalidade da paixão que nasce entre Elio e Oliver é de uma delicadeza ímpar. Ímpar porque, cada qual com suas questões e particularidades, vai tecendo uma cortina de desejos e sensações, sem a necessidade de tratar nada disso nem de forma velada, nem escancarada. Natural, do jeito que amores assim acontecem. Ambiente dos anos 80, música, figurino, cenário – tudo leva para uma atmosfera de lembrança. Assim como certamente fica a lembrança de uma paixão dessas. Mesmo que só no verão, é capaz de levar você pra outro lugar. É inesquecível.

A 90ª edição da premiação acontece no dia 4 de março de 2018 e Jimmy Kimmel será o apresentador. É a 2ª vez seguida em que o comediante comandará a cerimônia. Confira a lista completa:

Melhor Filme
“Dunkirk”
“Me chame pelo seu nome”
“O destino de uma nação”
“Corra!”
“Lady Bird – É hora de voar”
“Trem Fantasma”
“The Post – A Guerra Secreta”
“A forma da água”
“Três anúncios para um crime”

Melhor Diretor
Martin McDonagh (“Três anúncios para um crime”)
Jordan Peele (“Corra!”)
Greta Gerwig (“Lady Bird: É hora de voar”)
Paul Thomas Anderson (“Trem fantasma”)
Guillermo del Toro (“A forma da água”)

Melhor Atriz
Sally Hawkins (“A forma da água”)
Frances McDormand (“Três anúncios para um crime”)
Margot Robbie (“Eu, Tonya”)
Saoirse Ronan (“Lady Bird: É hora de voar”)
Meryl Streep (“The Post – A Guerra Secreta”)

Timothée Chalamet – “Me chame pelo seu nome”

Melhor ator
Timothée Chalamet (“Me chame pelo seu nome”)
Daniel Day-Lewis (“Trem Fantasma”)
Daniel Kaluuya (“Corra!)
Gary Oldman (“O destino de uma nação”)
Denzel Washington (“Roman J. Israel, Esq.”)

Melhor Roteiro Adaptado
“Artista do desastre” (Scott Neustadter e Michael H. Weber)
“Me chame pelo seu nome” (James Ivory)
“A Grande Jogada” (Aaron Sorkin)
“Logan” (Scott Frank, James Mangold e Michael Green)
“Mudbound” (Virgil Williams and Dee Rees)

Melhor Roteiro Original
“Lady Bird: É hora de voar” (Greta Gerwig)
“Doentes de Amor” (Emily V. Gordon e Kumail Nanjiani)
“Corra!” (Jordan Peele)
“A forma da água” (Guilermo Del Toro)
“Três anúncios para um crime” (Martin McDonagh)

Melhor Ator Coadjuvante
Willem Dafoe (“Projeto Flórida”)
Woody Harrelson (“Três anúncios para um crime”)
Richard Jenkins (“A forma da água”)
Sam Rockwell (“Três anúncios para um crime”)
Christopher Plummer (“Todo o Dinheiro do Mundo”)

Melhor atriz coadjuvante
Mary J. Blige (“Mudbound”)
Allison Janney (“Eu, Tonya”)
Lesly Manville (“Trama Fantasma”)
Laurie Metcalf (“Lady Bird: É hora de voar”)
Octavia Spencer (“A forma da água”)

Melhor Filme em Língua Estrangeira
“A fantastic woman” (Chile)
“The insult” (Líbano)
“Loveless” (Rússia)
“On Body and Soul” (Hungria)
“The Square” (Suécia)

Melhor Design de Produção
“A bela e a fera”
“Blade Runner 2049”
“O destino de uma nação”
“Dunkirk”
“A forma da água”

Melhor Fotografia
“Blade Runner 2049” (Roger Deakins)
“O destino de uma nação” (Bruno Delbonnel)
“Dunkirk” (Hoyte van Hoytema)
“Mudbound” (Rachel Morrison)
“A forma da água” (Dan Laustsen)]

Melhor Figurino
“A bela e a fera”
“O destino de uma nação”
“Trama Fantasma”
“A forma da água”
“Victória e Abdul”

Melhor Mixagem de Som
“Em ritmo de fuga”
“Blade Runner 2049”
“Dunkirk”
“A forma da água”
“Star Wars: Os últimos Jedi”

Melhor Edição de Som
“Em ritmo de fuga”
“Blade Runner 2049”
“Dunkirk”
“A forma da água”
“Star Wars: The Last Jedi”

Melhor Curta de Animação
“Dear Basketball”
“Garden Park”
“Lou”
“Negative Space”
“Revolting Rhymes”

Melhor curta
“Dekalb Elementary”
“The 11 o’ clock”
“My Nephew Emmett”
“The silent Child”
“Waty Wote/All of us”

Melhor Trilha Sonora
“Dunkirk”
“Trama Fantasma”
“A forma da água”
“Star Wars: Os últimos Jedi”
“Três anúncios para um crime”

 


Veja também:

Jornalista, apaixonada por música, cinema, séries e midias sociais. Defensora dos direitos LGBTQ.

Deixe um comentário

“Me Chame Pelo Seu Nome” foi indicado em quatro categorias do Oscar