Karol Conká dá soco na cara de gringo que assediou brasileiras no Rio

0
23

“Quando você se cala diante de uma situação de abuso ou agressão, você é cúmplice. Quando você vir, reaja, faça alguma coisa, não fique do lado do agressor, por favor”. Estas são as palavras da cantora Karol Conka depois de lidar com assédio em um trabalho no Rio de Janeiro, na última segunda-feira (11).

Tudo aconteceu no Hotel Sheraton Grand Rio. O mal-estar contado pela cantora no seu Instagram começou quando um hóspede estrangeiro importunou duas mulheres da sua equipe na piscina do resort. Inconformada com a passividade dos seguranças que não expulsaram o homem do ambiente e apenas conversaram com o assediador após denúncia, a curitibana não suportou a repetição das ofensas contra elas e deu um soco na cara do “gringo”.

“Po***, Brasil, a gente está no Sheraton, curtindo o final de trabalho pra chegar os gringo aqui e chamar as menina de p*** e passar a mão nela. É o dia inteiro, é todo dia isso, gente. Ó, gringo folgado. Agora eu acho que a medida que tinha que ser tomada pelo Sheraton é a seguinte. O cara passou a mão nas meninas, fez gesto obsceno, tira o cara do local, que está todo mundo curtindo, e vai resolver pra lá. Mas estão aqui, tranquilamente, só falta dar beijinho na testa do tarado”, relatou Karol nos Stories.

(continua abaixo)

Vídeo novo:



E continuou: “Pra finalizar o desfecho do gringo folgado que vem ao Brasil e acha que toda brasileira é p***, a gerência do hotel disse levou ele pra lá, não resolveu muito, quem teve que resolver fui eu e o pessoal aqui e acabei dando na cara dele. O pior é a galera justificar essa atitude ridícula dele falando que ele está bêbado, fora de si. Esses gringos tem que aprender, e todos vocês, caras folgados, que não importa se você bebeu ou não, tem que respeitar”.

Ainda sobre o acontecido, Carol prosseguiu: “Sabe o que foi pior? Quando dei na cara desse lixo, o segurança falava ‘não agrida’. Ah, então ele pode chegar aqui, passar a mão na menina, se masturbando, falando merda e eu não posso dar na cara desse lixo”. Quando você se cala diante de uma situação de abuso ou agressão, você é cúmplice. Então quando você vir uma situação dessa, reaja, faça alguma coisa, não fique do lado do agressor, por favor”.

A assessoria de imprensa do Hotel Sheraton se manifestou sobre o episódio através de nota: “A segurança dos hóspedes é sempre uma das maiores prioridades do Sheraton Grand Rio Hotel & Resort. Rejeitamos qualquer assédio. Assim que fomos informados sobre o incidente, chamamos a segurança local e prontamente nos oferecemos para entrar em contato com as autoridades. Permanecemos disponíveis para ajudar”.

O vídeo foi retirado do Instagram de Karol Conka, mas pode ser visto no youtube:

VEJA TAMBÉM:

Comentários: