Grávida cancela sessão de fotos ao descobrir que fotógrafa é lésbica

0
76

Faith Mary Grace, uma fotógrafa do Alabama, nos Estados Unidos, usou suas redes sociais pra compartilhar com o mundo sua indignação ao ter um trabalho recusado simplesmente porque a cliente descobriu que ela é lésbica.

Inicialmente a cliente havia agendado uma sessão de fotos para registrar os momentos finais da gravidez. Entretanto, ao checar o instagram da profissional e ver uma bandeira do arco-íris em uma de suas postagens, ela decidiu cancelar o trabalho e mandar avisá-la como justificativa que “não aprova seu estilo de vida”.

(continua abaixo)

Vídeo novo:




(continua abaixo)

Vídeo novo:




Chocada, a fotógrafa tirou print das mensagens da cliente e postou em suas redes sociais. A primeira dizia: “Oi, Faith! Aqui é o McKenna que entrou em contato noite passada. Estava procurando por sessões de foto de maternidade, mas fui até sua página, vi uma bandeira do arco-íris. Você é gay ou tem alguém na família que seja?”

Ela então respondeu: “ Oi McKenna! Obrigado pelo interesse. Ninguém na minha família é gay, mas eu sou e por isso tenho a bandeira na minha conta”.

Ao que a potencial cliente reagiu dizendo: “ Entendo. Não se preocupe com as fotos então. Não quero alguém que seja lésbica tirando minhas fotos. Não é justo. Sou contra e a última coisa que gostaria é meu filho achando que ser gay é normal. Não gostaria que ele fosse influenciado por pessoas como você. Sinto muito que você ache este estilo de vida OK e aceitável. Boa sorte.”

Grace, com toda razão, ficou inconformada com o acontecido e postou em um tweet os prints das mensagens: “Uma mulher me procurou pedindo meu serviço pra tirar fotos de sua maternidade. Então decidiu contratar outro fotógrafo só porque sou lésbica. Dê RT e compartilhe. Isso acabou comigo! Discriminação ainda existe e PRECISA parar!”


Veja também:

Comentários: