Hoje em dia sabemos que é perfeitamente possível e até seguro ser soropositivo e viver com HIV. Mas como era viver, e principalmente SOBREVIVER, na época da descoberta em que a AIDS era rotulada como “Câncer gay” pela mídia? Quando não havia tratamento? Quando toda semana morria um amigo diferente? Cazuza, Renato Russo, Freddie Mercury… Quantos famosos morreram de HIV? Quando a AIDS era cercada de ignorância? E um ponto de vista inesperado: houve um lado bom do HIV?  Veja abaixo:

Criador do Põe Na Roda e autor do livro "Um Livro Para Ser Entendido", obra que desmistifica questões do mundo gay para todos os públicos.

Deixe um comentário

Em vídeo emocionante, gays contam como sobreviveram ao auge do HIV nos anos 80

COMPORTAMENTO, SAÚDE |