Flagra em vídeo mostra lésbicas sendo expulsas do carro de motorista de aplicativo

0
1985

Não é novidade que a Uber seja uma empresa super esforçada em colaborar com a causa LGBT apoiando ONGs, diversas Paradas LGBTs pelo Brasil, e ainda propondo a contratação e instrução de pessoas trans em seu quadro de funcionários.

Mas infelizmente, o serviço depende de motoristas muitas vezes mal educados e ignorantes (e não que isso seja uma exclusividade da Uber, qualquer serviço de carona está sujeito, principalmente taxi), como foi o caso da corrida do casal Emma Pichl e sua namorada Alex Lovine, que ao entrarem no carro do motorista Ahmad El Boutari, e ele se dar conta de que elas eram duas lésbicas, acabaram sendo mal tratadas e expulsas do veículo.

O casal viajava por Nova York quando chamou o carro. Ao entrarem no veículo e sentarem, em dado momento elas se aproximaram deram um selinho. Foi o suficiente para o motorista se revoltar as xingando de “desrespeitosas” pra pior, parando o veículo em seguida e ordenando que elas descessem afirmando que aquilo era “ilegal”.

(continua abaixo)

Vídeo novo:



Falando ao New York Post, Emma explicou o ocorrido: “Estávamos passando pela ponte Manhattan sentadas no banco de trás. Em certo momento, nos aproximamos e demos um beijo rápido.”

Foi então questão de alguns minutos para o motorista puxar o freio de mão, dizer que elas não podiam fazer aquilo e acusá-las de estarem praticando um ato ilegal.

Um adendo: Na realidade, foi ele que praticou um ato ilegal. Ser lésbica não é crime. Discriminação é. Obviamente se trata apenas de mais um caso de homofobia.

(continua abaixo)


Veja também:



Após a reclamação do casal com a central do Uber, o motorista foi descadastrado da plataforma. Procurada pela imprensa, a CEO da empresa, Dara Khosrowshahi, afirmou: “Vivemos em uma sociedade livre e o Uber é uma plataforma disponível para qualquer pessoa independente de formação, orientação, ou qualquer fator. Respeito é fundamental. É uma circunstância infeliz e faremos de tudo para que não se repita.”

Inteligentes, as garotas filmaram a reação do motoristas e compartilharam o momento em suas redes sociais. Assista abaixo:

Comentários: