Existem seis tipos de heterossexuais, diz estudo

0
8201

Um novo estudo publicado pelo Archives of Sexual Behaviour, e realizado pelo cientista do Instituto Kinsey, Jeff Lehmiller, pesquisou os hábitos de mais de 14 mil estudantes heterossexuais e chegou a conclusões interessantes.

Primeiramente de que, ainda que se definam como heterossexuais, algumas destas pessoas tem experiências com pessoas do mesmo gênero na vida. Seja por vontade, pra matar a curiosidade ou qualquer outra razão.

Além disso, o estudo conclui que heterossexuais poderiam ser divididos em seis grupos em geral. De qual será que seu amigo hétero faz parte, hein?

(continua abaixo)

Vídeo novo:



Primeiramente, há os heterossexuais que nunca experimentaram relação com alguém do mesmo gênero que o seu. Na realidade, é este o perfil no qual a gente pensa quando fala em hétero, mas sinceramente, está longe de ser o único na realidade, como mostrou o estudo.

Dos entrevistados que relataram já terem tido experiências com alguém do mesmo sexo, apenas 12% dos homens e 25% das mulheres foram identificados como heterossexuais convictos mas que em algum momento já passaram pela experiência de uma relação homossexual.

Dos restantes, a próxima categoria é composta por pessoas com maior probabilidade de se descobrir gay ou bi. É complicado fazer uma afirmação com certeza, uma vez que esta é um questão de identidade própria. Mas estes seriam os que não apenas experimentaram como depois quiseram repetir a dose e ir além da primeira vez.

Já a terceira categoria seria chamada de “bêbado ou curioso”. Pessoas que dizem ter ficado com alguém do mesmo gênero devido a um estado alterado possibilitado geralmente pelo álcool. Eles dizem terem se empolgado pra ver qual era devido ao uso de alguma substância que altera o comportamento, mas que não fariam isso em condições “normais”.

O terceiro grupo, que confessa que teve pouco prazer na experiência, disse que foi ver qual era por curiosidade, mas não teve o mesmo prazer ou desempenho que o obtido facilmente em uma relação heterossexual.

O próximo grupo também se diz hétero mas que acabou ficando com alguém do mesmo gênero por uma questão de carência em algum momento, dar ou receber atenção ou até mesmo jogo de sedução em algum momento da vida, que quando foi ver, já tinha acontecido.

Já o outro grupo seria de pessoas cuja fé religiosa as impede de se identificarem senão como heterossexuais. Em muitas religiões, seria pecado ou algo ainda pior, condenável e errado. De longe, este é o grupo mais triste, de muitas pessoas que se reprimem por conta de seus sistemas de crenças.

Interessante, né? A sexualidade humana muito mais fluida e colorida do que a gente gosta de categorizar, mesmo entre os heterossexuais ditos padrões da sociedade.

E você, identifica seus amigos héteros em que grau da escala Kinsey?

Comentários: