Esta mulher pode ser a primeira modelo trans e negra contratada pela Victoria’s Secret

0
1388
Publicidade

É inegável o avanço da visibilidade e algumas primeiras conquistas da comunidade trans na última década, ainda que exista muito a ser feito pra se conseguir plena igualdade de direitos, liberdade e dignidade.

Uma das pessoas que vem se propondo a mudar este quadro é Leyna Bloom, uma modelo, dançarina e ativista transgênero que sonha se tornar a primeira modelo transgênero de um desfile da Victoria’s Secret.

(continua abaixo)


Vídeo novo:



Sem medo de pedir e gritar seu sonho para o mundo, ela postou em seu Twitter: “Tentando ser a primeira modelo trans e de cor a desfilar num #VictoriaSecret Fashion show.”

Acontece que, sem que ela esperasse, a publicação ganhou apoio de muita gente e se tornou um verdadeiro viral, superando 107 mil curtidas e mais de 33 mil respostas no Twitter, isso sem considerar 32 mil retweets.

O vencedor do America’s Next Top Model Nyle DiMarco foi a primeira celebridade a apoiar a causa:

Leyna já tinha falado em suas redes sociais antes sobre a falta de diversidade no casting de modelos da Victoria’s Secret: “Toda modelo de cor no VS fashion show é incrível. Mas ainda tem sempre muito mais brancas. Toda vez que colocam mais uma negra, há mais uma branca. Ano que vem precisam inserir uma trans e modelos com mais curvas, não apenas as caucasianas.”

Falando ao Yahoo Lifestyle, ela explicou: “Sempre foi meu sonho, como pra todas as mulheres, não apenas trans. Essa plataforma glorifica mulheres e a feminilidade. À minhas irmãs de cor e trans, seria um grande momento para todas.”

Leyna é modelo desde 2014 e já desfilou para a Chromat e a The Blonds. Ano passado ela foi a primeira modelo trans a aparecer na edição da Índia da revista Vogue.

Sitting pretty 💕

A post shared by Leyna Bloom (@leynabloom) on

Deixe um comentário