Elsa se assumirá lésbica em nova sequência? A diretora de Frozen respondeu!

0
201

A diretora Jennifer Lee finalmente deu alguma resposta, ainda que pouco conclusiva, à pergunta que muitos fãs de Fronzen se fazem nas redes sociais: Elsa afinal seria lésbica?

Pra quem não sabe, desde a criação da obra, existem fortes rumores de que Elsa seria a primeira princesa da Disney a ser lésbica, ainda que isso não seja algo declarado (ou negado!) na animação. O questionamento se deu inicialmente devido a sua história simplesmente jogar fora o conceito de príncipe e princesa sendo felizes para sempre ao final, sendo substituído por uma jornada de auto-aceitação e amor próprio, o que é bem expresso inclusive na letra do hit ‘Let It Go’ da trilha sonora do filme.

Com tudo isso, houve inclusive campanhas com hashtags nos Trending Topics Mundiais do Twitter e outras redes sociais, organizadas por milhares de fãs pelo planeta, se unindo para pedir à Disney que tire a princesa do armário. Os estúdios nunca responderam o pedido, mas tão pouco negaram a afirmação de que Elsa seria lésbica.


Vídeo novo:



Vale lembrar que a Disney já se posicionou abertamente a favor da diversidade ao incluir seu primeiro personagem gay em um longa-metragem, o LeFou de A Bela e a Fera, e também ao incluir um personagem gay na série teen Andy Mack.

Sabe-se que uma sequência de Frozen está sendo produzida. Mas será que na nova obra, finalmente poderemos ver esta suposta parte de Elsa que ainda estaria enrustida?

Quem pode responder isso melhor que uma das responsáveis pela criação da obra, não é mesmo? Pois bem. Questionada esta semana sobre o assunto no Huffington Post, Jennifer Lee afirmou: “Eu amo tudo isso que as pessoas cogitam e pensam sobre o filme! Isso é criar diálogo, é a prova de que Elsa é uma personagem maravilhosa, complexa e que passa mensagens importantes a muitas pessoas. Pra mim, Elsa cresce a cada dia, é como se tivesse vontade própria e me falasse pra onde a personagem que ir. Vamos ver se isso acontece! Estou pessoalmente empolgada de ver esse assunto sendo debatido. Não posso prometer que vá acontecer de fato ainda, mas posso dizer que existem sim conversas a respeito. De qualquer modo, fico feliz que as pessoas estejam falando disso, é importante que esse assunto seja abordado nos dias de hoje cada vez mias!”, concluiu Jennifer.


Veja também:

Comentários: