Alckmin veta lei que proibiria homofobia em estádios

0
27
Publicidade

Foi vetado pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o projeto de lei 1100/2017 proposto pelo Deputado Estadual Edmir Cheined (DEM-SP), que propunha proibir gritos homofóbicos nos estádios de futebol de todo Estado de São Paulo.

Segundo o governador de SP, Geraldo Alckmin, que decidiu por vetar a proposta de lei, esta é uma medida desnecessária, sendo que já é proibido qualquer ato discriminatório como racismo, entre outros, nos estádios, ainda que não se especifique segundo a lei, o ato discriminatório contra LGBTs.

(continua abaixo)


Vídeo novo:



Ué… Curiosamente, se segundo Alckmin, a homofobia já é contemplada pela lei existente, por que será que “Viado!” e “Bicha!” continuam sendo os gritos mais presentes em qualquer torcida e nenhuma autoridade faz nada a respeito? Fechando os olhos ao crime e precoceito mesmo, então, governador?

Vale lembrar que, mesmo assim, São Paulo é um dos Estados brasileiros onde a LGBTFobia é crime.  A lei 10.948, de 2001, dispõe sobre as penalidades aplicadas à prática de discriminação em razão de orientação sexual. No relatório do Disque 100, há 238 casos de LGBTfobia relatados em 2015 no Estado. Para fazer sua denúncia, o endereço é: Rua Brigadeiro Tobias, 527, 3º andar, no bairro Luz.. E telefone é: (11) 3311-3555.


Veja também:

Deixe um comentário